Temporal

Temporal
2019
Objeto
Areia, água, vidro laminado 4mm, detergente, polímero de silicone acético, borracha maciça e ferro.
L130 x P85 cm x A175 cm

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Existem muitas formas e procedimentos possíveis para a materialização de uma pesquisa como trabalho de arte, e um gesto simples e com densidade talvez seja uma das partes mais trabalhosas na construção deste, a de encontrar uma ação sagaz dentre tantas opções. O discernimento é uma virtude que, dentro deste temporal, quando chega a calmaria, ele já está inerente à ação, assim como uma descarga elétrica vinda do céu, antes luz, logo o ribombar do trovão. Creio que refletir sobre a vida nos é algo comum e a natureza é essência para muitos artistas, assim como para Maria Baptista que se conecta a esta força plena de complexidade que germina do plano sutil para lhes propor, durante um mês, a sua pesquisa que continua em movimento num tempo que está além do controle da artista e que, por mais que seja transitório, sempre deixa um vestígio em quem também se dilui naquela força.”

Texto de Willian Santos, escrito por ocasião da exposição Temporal, na Galeria Ponto de Fuga, Curitiba, Paraná, 2018.